Carnaval eleva demanda por produtos farmacêuticos. É isso mesmo. Os foliões exageram no consumo de bebida alcoólica durante as festividades e para atenuar os sintomas recorrem aos famosos remédios para ressaca para “sobreviver” ao dia seguinte. 

A procura por esses produtos aumenta de 20% a 30% segundo farmácias e drogarias de Cuiabá. Além do kit ressaca, a venda de preservativos também cresce em torno de 10% a 20%. Uma pesquisa da Universidade Federal Fluminense aponta que há aumento de 30% na venda de preservativos durante os dias de folia no país e de 15% na venda de testes de gravidez após a festa. O empresário Sinval Souza, proprietário de uma farmácia, diz que a demanda por esses itens reduziu. 

A venda de preservativos cresce cerca de 10%, quando o cenário ajuda.   “Preservativo já foi melhor, hoje não é tanto. Depende muito da distribuição gratuita do poder público”. Já para os medicamentos, a demanda é ampliada em torno de 20% segundo ele, por isso os estoques já estão fortalecidos. “Aumenta a procura por remédios para ressaca e dor de cabeça. 

No 2º a 3º dias tem muita gente com vômito e dor de cabeça, que vem aqui até para tomar injeção. Também cresce a procura por pílula do dia seguinte”, completa. Antonio Francisco da Silva, funcionário de outra farmácia, não está tão otimista com as vendas. 

“A expectativa é boa, espero que melhore um pouco, porque o comércio em geral anda parado. Vamos ver se no Carnaval dá essa reagida”, comenta. Segundo ele, o carnaval já foi melhor no passado, quando as vendas aumentavam em cerca de 30%. 

“Remédio para dor de cabeça, fígado e preservativo vendiam bem. Antigamente em dia de carnaval, tínhamos expectativa de aumento, mas hoje o comércio anda parado”.

Fonte: Portal O Bom da Notícia

Fonte: panoramafarmaceutico.com.br/2019/02/28/procura-por-remedio-para-ressaca-aumenta-ate-30-durante-carnaval-em-mt