A multinacional americana de bens de consumo Kimberly-Clark obteve lucro líquido atribuído aos controladores de US$ 454 milhões no primeiro trimestre deste ano, alta de 4,8 vezes considerando os US$ 93 milhões reportados um ano antes. Seu presidente, Mike Hsu, afirmou, em comunicado, que os reajustes de preços realizados no trimestre colaboraram para compensar as oscilações das commodities e das moedas estrangeiras.

Dona das fraldas Huggies, do papel higiênico Neve e do guardanapo Scott, a empresa cortou US$ 115 milhões em custos e retornou US$ 510 milhões em dividendos aos acionistas. De janeiro a março, a companhia atingiu receita líquida de US$ 4,6 bilhões, retração de 2%. O custo dos produtos vendidos também foi menor em 6%. Mudanças nas taxas de câmbio de moedas estrangeiras reduziram as vendas em 5%, enquanto as vendas orgânicas cresceram 3%, incluindo preços mais altos, de 4%.

Fonte: Valor

” ” ” “

Fonte: panoramafarmaceutico.com.br/2019/04/23/kimberly%c2%acclark-lucra