Por NOVA YORK – A farmacêutica americana AbbVie anunciou nesta terçafeira a compra da Allergan por US$ 63 bilhões. Os acionistas da Allergan receberão 0,8660 ações da AbbVie e US$ 120,30 em dinheiro para cada ação da Allergan, por um valor total de US$ 188,24 por ação da Allergan. Esse valor representa um prêmio de 45% em relação ao preço de fechamento das ações da Allergan na segunda-feira, de US$ 129,57.

A AbbVie espera que o acordo resulte em sinergias anuais e outras reduções de custo de pelo menos US$ 2 bilhões, e espera-se que haja um ganho de 10% no lucro ajustado por ação ao longo do primeiro ano depois do fechamento do negócio, que deve ocorrer no início de 2020. A compra da Allergan, sediada em Dublin, daria à americana uma posição dominante no mercado de botox e outras drogas cosméticas, além de vários tratamentos oftalmológicos populares, já que a AbbVie se prepara para o fim da proteção de patente do medicamento Humira, um dos mais vendidos do mundo.

Os portfólios das empresas têm tratamentos similares para doenças, mas a fusão leva a a AbbVie à área dos tratamentos cosméticos, como alongamento de cílios, por exemplo. Os quase US$ 16 bilhões da receita anual da Allergan também dariam à AbbVie outra fonte de caixa para desenvolver uma nova geração de produtos. As ações da Allergan caíram 11,5% nos últimos três meses e as ações da AbbVie caíram 1,3%. As ações da Allergan operavam em alta de mais de 20% e as da AbbVie tinham queda de mais de 5%.

Fonte: Jornal Valor Econômico

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/05/31/novos-inimigos-no-combate-ao-tabagismo/

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

Fonte: panoramafarmaceutico.com.br/2019/06/25/farmaceutica-abbvie-compra-allergan-por-us-63-bilhoes