Bayer aposta em células-tronco para prevenir o câncer

Por meio do programa de investimentos Leaps by Bayer, a Bayer fechou uma parceria com a empresa Khloris Biosciences para o desenvolvimento de vacinas contra o câncer com base em células-tronco pluripotentes induzidas (iPSCs). A tecnologia tem potencial de curar e prevenir um dos principais problemas de saúde da atualidade.

Pesquisadas há um século, até o momento, as vacinas para câncer ainda não saíram do estágio inicial de desenvolvimento. Porém, um estudo* realizado em camundongos na faculdade de medicina da Universidade de Stanford sugere que as iPSCs, microorganismos com potencial de se desenvolver em qualquer célula do corpo, podem treinar o sistema imunológico para prevenir o desenvolvimento de diferentes tipos de tumores. Elas também servem para tratamento adjuvante após cirurgia e radioterapia, pois têm o potencial de reativar o sistema imunológico nos pacientes para evitar reincidência e metástases.

As iPSCs possuem as mesmas características das células tumorais – elas também fazem o corpo produzir anticorpos e se autorenovar. Ao injetar as células tronco – células ainda não especializadas – no organismo, os novos microorganismos podem reconhecer as células cancerígenas, estimulando o sistema imunológico a combatê-las ou prevenindo o desenvolvimentos de tumores. A empresa de biotecnologia está pesquisando se é possível fazer isso com células-tronco pluripotentes induzidas, criadas através de um processo que pega as células de uma pessoa (como sangue ou células da pele) e as converte em células-tronco.

A cura e a prevenção do câncer estão entre as principais áreas de foco da Leaps by Bayer, pois a doença é um dos principais motivos de preocupação da sociedade atual e os tratamentos ainda são limitados. “Estamos impressionados com a metodologia da Khloris. Ela representa uma oportunidade única no desenvolvimento de vacinas inovadoras com potencial de ajudar efetivamente nosso sistema imunológico a combater o câncer antes que ele saia do controle, e esse é a melhor forma de lidar com a doença”, diz Kemal Malik, membro do Conselho de Inovação da Bayer.

“Somados à experiência, ao alcance comercial e à rede de pesquisa e desenvolvimento da Bayer, nosso conhecimento e nossa tecnologia podem aumentar as chances de oferecer um combate efetivo à doença”, comentou prof. Joseph C. Wu, cofundador da Khloris.

“A parceria reflete nossa paixão pelo desenvolvimento de terapias inovadoras contra o câncer, que podem vir a ter um grande impacto em seu tratamento e prevenção. A Leaps by Bayer nos oferece um conceito único de investimento, que vai nos ajudar a tirar grandes ideias do papel”, afirmou a Dr. Lynne A. Bui, cofundadora e CEO da Khloris.

O conselho de diretores será composto por dois representantes da Khloris, Dr. Lynne A. Bui e Prof. Joseph C. Wu, e dois representantes da Leaps by Bayer, Dr. Juergen Eckhardt e Dr. Lucio Iannone. Os termos do investimento não foram divulgados.

A Khloris é a sétima organização a receber investimentos da Leaps by Bayer, unidade da empresa global dedicada a oferecer recursos para o desenvolvimento de soluções contra os principais problemas enfrentados pela humanidade. Entre outras empresas patrocinadas pela Leaps estão a Casebia Therapeutics (tecnologia de CRISPR/Cas para a cura de condições genéticas severas), a BlueRock Therapeutics (tecnologia de iPSC para a cura de doenças cardiovasculares e do sistema nervoso central) e a Joyn Bio (probióticos para plantas que viabilizam o cultivo sem a utilização de fertilizantes químicos).

*Autologous iPSC-Based Vaccines Elicit Anti-tumor Responses In Vivo. Kooreman, N. et al., Cell Stem Cell. 2018;22(4): 501–513. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/29456158

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Fonte: panoramafarmaceutico.com.br/2019/06/17/bayer-aposta-em-celulas-tronco-para-prevenir-o-cancer