A filial brasileira da sul-africana Aspen Pharma, uma das maiores fabricantes de medicamentos do mundo, completa dez anos de atuação no país em 2019, sob a gestão do executivo Alexandre França. A Aspen Pharma oferece ao mercado brasileiro medicamentos anestésicos, fitoterápicos, de prescrição, SNC e OTC, cardiometabólicos e biotecnológicos. Integram o portfólio da companhia diversos produtos de referência no mercado, como: Alcachofra, Diprivan, Calman, Leite de Magnésia de Phillips, Omcilon-A Orabase, Kwell, Zyloric, Suplan, entre outros.

Em janeiro deste ano, o CEO Alexandre França recebeu na sede da multinacional na África do Sul o prêmio de executivo do ano, que veio para solidificar todos os resultados conquistados na última década. A farmacêutica finalizou o último ano fiscal (2017/2018) com crescimento de 34%, totalizando US$ 110 milhões, a maior performance entre as operações do grupo e seu melhor desempenho em oito anos de atuação no Brasil, sendo superior ao de todo o mercado farmacêutico nacional, que cresceu em torno de 11% no ano passado.

“É gratificante ver de perto algo que nasce, toma forma e atinge os objetivos traçados. Eu nunca trabalhei por tanto tempo em qualquer outra empresa. Ao chegar na presidência da Aspen Pharma implementei mudanças seguindo a ordem de processos, produtos, clientes e pessoas”, revela França. Com um plano focado em aquisição de produtos tradicionais em especialidades estratégicas, e o crescimento orgânico do atual portfólio, a farmacêutica tem como meta para esse ano fiscal um aumento nas vendas acima do mercado, crescendo 8%.

Entre o planejamento estratégico da empresa para os próximos cinco anos está o investimento de quase R$ 50 milhões na fábrica no Espírito Santo. A maior parte desse aporte será destinado para a área de anestésicos visando o mercado nacional a curto prazo e a exportação para países da América do Sul em um segundo momento. “O principal desafio a partir de agora é preparar a Aspen Pharma para o futuro. E isso passa, principalmente, por pessoas. Devemos recrutar, treinar e promover as pessoas certas nas posições certas. Deixá-las mostrar todo o seu potencial. Essa é a forma mais inteligente de assegurar um futuro de mais sucesso ainda”, afirma Alexandre França.

Medicamentos

A Aspen Pharma incluiu em seu portfólio o Magnésia de Phillips Tabs, suplemento mineral, a base de hidróxido de magnésio e carbonato de cálcio, e um novo calmante fitoterápico, o Prakalmar. Outro segmento que vem crescendo exponencialmente na empresa é o setor de anestésicos. Atualmente, o portfólio composto por medicamentos da AstraZeneca e GSK, compõe 38% do faturamento total da farmacêutica no Brasil. Após a compra dos direitos globais de comercialização do portfólio da AstraZeneca, o Grupo Aspen se consolidou como um dos maiores fornecedores de anestésicos do mundo. “Nosso objetivo é continuar proporcionando ao mercado toda a excelência e inovação pela qual o grupo Aspen é conhecido, seja pelo desenvolvimento de produtos tradicionais no mercado ou de marca própria”, completa o CEO.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Fonte: panoramafarmaceutico.com.br/2019/02/22/aspen-pharma-completa-dez-anos-no-brasil-e-planeja-expansao-de-portfolio